EnglishPortugueseSpanish

Marte pode não ter água líquida ou uma atmosfera, mas tem estações do ano, assim como a Terra. E ao longo destas estações, sua superfície pode mostrar mudanças bastante notáveis. Foi o que observou a equipe da câmera HiRISE (High Resolution Imaging Science Experiment) a bordo do satélite Mars Reconaissance Orbiter (MRO).

A equipe fotografou uma cratera próxima ao polo norte marciano ao longo de 12 anos terrestres, o equivalente a seis anos marcianos (cada ano em Marte em 687 dias). Colocadas em sequência, as imagens mostram uma visão clara da expansão e retração do gelo dentro da cratera com a mudança das estações.

publicidade

ezgif.com-optimizef424ec493126a3f5.gif

O polo norte marciano é coberto por uma calota composta principalmente por água congelada e gelo carbônico, que se contrai e se expande com as estações do ano. No total ela abriga 1,2 milhões de quilômetros cúbicos de água, o equivalente a duas vezes o encontrado no Mar Negro, na Europa.

Fonte: CNet

publicidade