EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Com serviços de streaming chegando a cada vez mais países – e mais empresas criando seus próprios streamings – até o fim do ano, essas plataformas devem ultrapassar as assinaturas de TV paga no mundo.  A expectativa é da Ampere Analysis, que publicou um relatório que aponta essa tendência em mais de 30 países.

De acordo com a Ampere, um grande aumento no número de usuários das plataformas de streaming entre 2018 e 2019 foi amplamente impulsionado pelo lançamento do Apple TV + no final do ano passado.  Os streamings já passaram a TV por assinatura em 29 países, e esse número pode dobrar em 2020.

publicidade

Os consumidores estão cada vez mais se voltando para seus dispositivos móveis, de acordo com o relatório, e empresas como Netflix, Hulu e Prime Video oferecem conteúdo on demand em diversas telas diferentes. Isso torna os tradicionais canais de TV paga menos atraentes do que nunca, já que além de prenderem o espectador ao que está sendo exibido naquele momento.

Além da disponibilidade de conteúdo, ainda há a restrição de dispositivo. TVs por assinatura possuem encargos de taxas de equipamentos, contratos e pacotes de canais que podem aumentar os custos.  Os serviços streaming são mais baratos, oferecendo acesso imediato a vários tipos de dispositivos sem contratos ou equipamentos especiais.

Via Slashgear

publicidade