EnglishPortugueseSpanish

Microsoft reconhece falha no Internet Explorer

Redação 21 de janeiro de 2020
publicidade

Uma equipe de cibersegurança da empresa chinesa Qihoo 360 encontrou uma falha de segurança no Internet Explorer que está sendo usada por hackers criminosos. O problema está localizado na forma como o Internet Explorer cuida da memória.

A vulnerabilidade permite que alguém use um código em um computador contaminado, levando o usuário para um site falso. Isso pode ser feito tanto por um resultado de pesquisa quanto por um link enviado por e-mail. A falha afeta o Internet Explorer em todas as versões do Windows, incluindo o Windows 7, que não tem mais suporte da empresa.

publicidade

A Microsoft confirmou a existência do problema e afirmou estar trabalhando na correção, que só deve chegar no dia 11 de fevereiro, próxima rodada de atualizações de segurança.