EnglishPortugueseSpanish

Nesta segunda-feira (27), o Ministério da Educação (MEC) divulgou que o número de inscritos no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) passaram de 1,8 milhão. Entretanto, a seleção segue suspensa devido decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

Os candidatos tiveram seis dias para realizar as inscrições que, segundo o ministério, chegaram a 3,4 milhões. Isso porque, cada usuário pode selecionar duas opções de curso. Felizmente, o período não foi afetado pela disputa judicial.

publicidade

Neste ano, o Sisu disponibiliza mais de 237 mil vagas para cursos de nível superior em 128 instituições de ensino de todo o país. Com a decisão da Justiça, os resultados, que deveriam ser divulgados nesta terça-feira (28), foram adiados e dependem do resultado do processo.

No domingo (26), o TRF-3 recusou o recurso apresentado pelo governo federal e decidiu por manter a suspensão na divulgação dos resultados. De acordo com a desembargadora Therezinha Astolphi Cazerta, presidente do TRF-3, não há confirmação de que os candidatos não foram impactados pelos erros de cálculo das notas do Enem. Cerca de seis mil alunos tiveram erros nas notas, de acordo com o governo federal.

Na segunda-feira (27), Hamilton Mourão, presidente interino, disse que a Advocacia-Geral da União (AGU) deve recorrer ao Supremo Tribunal Federal e ao Superior Tribunal de Justiça para retirada da suspensão.

Via: Folha de São Paulo