O valor de mercado da Amazon ultrapassou US$ 1 trilhão após as ações da companhia registrarem alta de 12%, na última quinta-feira (30). A valorização decorreu do bom desempenho da varejista americana no quarto trimestre de 2019 descrito em balanço financeiro divulgado ontem, em Nova York.

O resultado leva a Amazon de volta ao grupo de empresas avaliadas em US$ 1 trilhão, ao lado de Alphabet, Microsoft e Apple

Segundo o relatório, a receita total da empresa evoluiu 21%, saltando de US$ 72,3 bilhões para US$ 87,4 bilhões. Os números superaram as expectativas do mercado que estimava a quantia de US$ 86,02 bilhões.

Outro destaque foi o desempenho da Amazon Web Service (AWS). A unidade de computação em nuvem da Amazon evolui a receita em 34%, contabilizando US$ 9,95 bilhões. Já o faturamento com assinaturas registrou alta de 32%, chegando aos US$ 5.2 bilhões.

publicidade

O fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezos, afirmou em comunicado que a companhia alcançou 150 milhões de assinantes do serviço Amazon Prime, quantidade 50% maior que na divulgação anterior, em 2018. No relatório financeiro, a empresa destacou que o mercado brasileiro teve o crescimento mais rápido em números de assinantes pagos de sua história.