EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Jeff Bezos é alvo de um processo promovido por seu próprio cunhado na justiça de Los Angeles, nos Estados Unidos. Michael Sanchez acusa o presidente da Amazon de difamação por ter dito publicamente que o agente teria vazado fotos íntimas do multibilionário para um tabloide.

A ação ainda aponta que Bezos e seu agente de segurança Gavin de Becker teriam dito à imprensa que Sanchez estava envolvido em uma conspiração de conselheiros de Donald Trump junto ao governo da Arábia Saudita para “derrubar” o homem mais rico do mundo.

publicidade

O processo remete a um artigo publicado no início de 2019, pelo veículo americano National Enquirer, que expôs o relacionamento de Bezos com a âncora Lauren Sanchez, enquanto o presidente da Amazon ainda estava casado com a ex-mulher Mackenzie Bezos.

Michael Sanchez diz que, em 2018, poucos meses antes da reportagem, Lauren teria perguntado a ele se deveria contar sobre sua relação com Jeff Bezos ao tabloide TMZ. O agente diz ter recomendado a sua irmã que guardasse a informação até que ela e Bezos tivessem revelado o romance a suas respectivas famílias.

Ainda segundo Sanchez, ele mesmo teria firmado um acordo de cooperação com a empresa proprietária do National Enquirer para “limitar possíveis chantagens contra Jeff Bezos e Lauren Sanchez”.

Após o artigo ser publicado, o agente disse que sua irmã entrou em um acordo com ele para prestar de serviços de gerenciamento de crises, no entanto, a relação com ela mudou após Bezos contratar Gavin de Becker para investigar o vazamento.

publicidade

“De Becker se apegou à ideia que Mr. Sanchez, em uma conspiração com seus amigos conservadores Carter Page e Roger Stone, era culpado pelo vazamento e imediatamente passou a disseminar a informação para diferentes fontes de notícias, um flagrante de falsidade”, diz o documento do processo. Além disso, o texto ainda afirma que as difamações teriam levado o Wall Street Journal a publicar uma história que aponta que a American Media pagou US$ 200 mil a Michael Sanchez pelo material vazado.

Em comunicado, Lauren Sanchez condenou o processo e classificou a atitude do irmão como “traição”. “Michael é meu irmão mais velho. Ele cedeu secretamente uma informação pessoal sobre mim ao The National Enquirer – uma grave e imperdoável traição. Minha família está sofrendo com esse processo infundado e mentiroso”, afirmou.

Já o advogado de Bezos afirmou que seu cliente optou por resolver o processo na justiça e que isso deverá acontecer em pouco tempo.

Fonte: Forbes