EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Cidades na Grã-Bretanha já podem se candidatar para ser a primeira com uma frota de ônibus totalmente elétrica. A escolhida receberá um fundo de até US$ 64 milhões (cerca de R$ 275 milhões) para a aquisição de novos veículos, e será usada como modelo para ajudar a cumprir a ambição do governo britânico de que todos os ônibus sejam totalmente elétricos até 2025.

Dados do Departamento de Transportes mostraram que uma cidade com 200 ônibus elétricos poderia eliminar a emissão de cerca de 7.400 toneladas de CO2 a cada ano, o equivalente a tirar 3.700 carros a diesel das ruas.

publicidade

O fundo faz parte de um orçamento de US$ 200 milhões (R$ 861 milhões) anunciado nesta quinta-feira (6) para melhorar os serviços e tornar as viagens de ônibus mais ecológicas, fáceis e confiáveis.

“A primeira cidade de ônibus totalmente elétrica da Grã-Bretanha será apenas o começo. Este pacote nos ajudará a criar comunidades mais limpas, mais fáceis de se locomover e mais ecológicas, acelerando as viagens e tornando-as mais confiáveis”, afirmou Grant Shapps, secretário de transporte da Grã-Bretanha.

Além dos ônibus, carros a combustão também estão na mira do governo britânico. O primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciou recentemente que a partir de 2035 todos os veículos novos à venda terão que ser elétricos ou híbridos.

Fonte: Xinhua Net

publicidade