EnglishPortugueseSpanish

O Galaxy Z Flip, segundo celular dobrável da Samsung, parece ser um sucesso de vendas: o lote inicial de 20 mil unidades se esgotou rapidamente, tanto nas lojas dos EUA quanto na Coreia do Sul. Segundo a fabricante, o aparelho é o primeiro no mercado com uma tela coberta com vidro flexível, o que em teoria pode reduzir a fragilidade vista nas telas da primeira geração de dobráveis como o Galaxy Fold e o novo Motorola RAZR.

Entretanto, um post no Twitter e um vídeo no YouTube colocam em dúvida a durabilidade do celular. No Twitter o usuário @mondoir relata que recebeu seu Z Flip, desdobrou o aparelho, retirou o adesivo com instruções que vem colado à tela, dobrou o aparelho e quando desdobrou novamente ouviu um estalo. O resultado foi uma rachadura bem visível exatamente no ponto onde a tela se dobra, como mostra uma foto:

publicidade

A Samsung rapidamente entrou em ação, pedindo que o usuário entre em contato via mensagem direta, pois teria interesse em “investigar a situação”.

publicidade

Seria um caso isolado, se um vídeo no canal JerryRigEverything não colocasse em dúvida a própria composição do material que reveste a tela. O apresentador do canal, Zack Nelson, é famoso pelos “testes de durabillidade” aos quais novos aparelhos são submetidos, e um destes mede a resistência da tela a riscos, usando um conjunto de ferramentas com pontas em níveis variados de dureza, de acordo com a escala de Mohs.

Um material só consegue ser riscado por outro de maior dureza, e a escala vai de talco (nível 1) ao diamante (nível 10). O vidro usado em smartphones, como o Gorilla Glass, normalmente começa a riscar no nível 6, com marcas mais profundas no nível 7.

Mas para a surpresa de Zack, a tela do Z Flip, supostamente de vidro, riscou com uma ponta nível 2. Ou seja, não é nada mais resistente do que a tela de plástico do Galaxy Fold ou Motorola RAZR. Em um outro teste, de resistência a chamas, é possível ver a superfície da tela se contraindo quando submetida ao calor, como plástico faria.

Em uma declaração ao site The Verge, a Samsung afirmou que a tela do Z Flip tem uma “camada protetora” sobre o vidro, como no Galaxy Fold. Entretanto, a empresa não explicou qual o benefício de uma camada que é mais frágil do que o material abaixo dela.

Fonte: Gizmochina / YouTube