EnglishPortugueseSpanish

Um dos maiores desafios da Disney é o de atrair assinantes adultos para sua plataforma de streaming, o Disney+. Isso porque o nome da empresa é ainda constantemente associado a produções infantis. Para resolver essa questão, a casa do Mickey adquiriu, em maio de 2019, o controle total do Hulu, streaming responsável por séries como “The Handmaid’s Tale” e “Castle Rock”.

Agora, a empresa parece estar prestes a dar o próximo passo na consolidação do Hulu como uma opção aos vários serviços de assinatura atuais – e que tenta atrair cada vez mais assinantes. Nesta segunda-feira (2), a Disney lançou o projeto “FX on Hulu”.

publicidade

O lançamento vai reunir 40 das séries mais populares do canal, como “Sons of Anarchy” e “American Horror Story”, com a transmissão de alguns clássicos, séries aclamadas e novas produções originais para os assinantes regulares da plataforma. O projeto deve substituir o FX Plus, sistema de assinaturas da empresa que disponibilizava os episódios dos programas após sua exibição no canal.

Além das séries já lançadas, a ideia é disponibilizar episódios em, no máximo, um dia após sua exibição. Isso quer dizer que a esperada décima temporada de “American Horror Story” será disponibilizada na plataforma assim que transmitida, por exemplo. 

Reprodução

Atualmente o Hulu possui pouco mais de 30 milhões de assinantes apenas nos Estados Unidos – cerca de metade da base doméstica de assinantes da Netflix. Parte desse número se deve principalmente ao Disney+ oferecer o serviço em uma espécie de assinatura conjunta, que também contempla os serviços da ESPN.

publicidade

Vale lembrar que, até o momento, o Hulu não desembarcou no Brasil. No entanto, isso pode mudar em breve. A empresa quer expandir seus negócios para outros países. Com a chegada do Disney+ prevista para novembro deste ano, pode ser que o Brasil seja visto como um mercado em potencial.

Via: The Verge