A epidemia causada pelo novo coronavírus impactou a produção industrial na China, devido ao fechamento de fábricas e restrições na movimentação da população. E segundo um especialista, isso irá causar um atraso de até “alguns meses” na produção e lançamento dos novos iPhones previstos para 2020.

A informação vem de Elliot Lan, especialista em cadeia de suprimentos do Bank of America, em uma nota a investidores. Segundo ele, o lançamento do “iPhone de baixo custo” atualmente conhecido como iPhone 9 ou iPhone SE2 será adiado “por alguns meses”, tanto por problemas com fornecimento de componentes como por uma queda na demanda, resultante do Covid-19.

publicidade

Já segundo o Digitimes, o lançamento do iPhone 12 será “provavelmente adiado até outubro” devido a restrições de viagem aplicadas a engenheiros da Apple. Com isso, a empresa estaria tendo dificuldades em fazer os testes de validação necessários (EVT – Engineering Verification Testing) para assegurar compatibilidade do aparelho com redes 5G, o que é essencial antes da produção em massa.

Isso, entretanto, representa o “melhor caso”. O Digitimes afirma que se o processo de EVT for adiado até depois de abril o iPhone 12, ou iPhone 5G, não estará disponível a tempo para a temporada de compras no final de 2020.

A expectativa era de que o iPhone 9, ou iPhone SE2 fosse lançado no mês de março, com um preço sugerido de US$ 399. Isso o tornaria o iPhone mais barato da história, e um concorrente de peso para aparelhos como o Pixel 3A, do Google. O iPhone 12 seria lançado durante um evento tradicionalmente realizado pela Apple no mês de setembro.

Fonte: Tom’s Guide