O Departamento de Comércio dos Estados Unidos informou nesta semana que a proibição total aos equipamentos da Huawei no país foi adiada mais uma vez. Desde o início do processo, os americanos garantiram uma licença temporária para a empresa operar nos Estados Unidos.

Agora, em vez de terminar em 1º de abril, o prazo vai até 15 de maio. Essa é a quarta vez que a licença temporária é prorrogada. A Huawei foi adicionada à lista negra depois que o governo americano concluiu que ela apresenta risco significativo de envolvimento em atividades contrárias aos interesses de segurança nacional ou política externa do país. A empresa nega as acusações.

publicidade