EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Três anos após o lançamento, finalmente a Nintendo atendeu os pedidos dos usuários do Switch: uma nova versão do sistema operacional do console, a 10.0.0, agora permite transferir jogos da memória interna do console para um cartão micro SD.

Tanto o Switch quanto o Switch Lite têm apenas 32 GB de memória interna, o que pode ser pouco para usuários que preferem baixar jogos via eShop. Anteriormente, a única forma de “liberar” espaço na memória era apagando algum jogo instalado.

publicidade

Com a atualização, jogos, dados de atualização e conteúdo extra (DLC) dos jogos podem ser transferidos para a memória externa. Entretanto, saves continuam a ser armazenados exclusivamente na memória interna, e não podem ser transferidos.

Reprodução

O firmware 10.0.0 também permite aos usuários remapear as funções dos botões dos controles (Joy-Cons, Pro Controller e botões do Switch Lite), além de adicionar avatares do jogo Animal Crossing: New Horizons ao console, que podem ser usados nos perfis dos usuários.

A caminho do Brasil?

A Nintendo deixou o Brasil em 2015, mas uma movimentação recente na Anatel pode indicar um retorno da empresa de alguma forma. A agência homologou recentemente o “Novo Switch” (HAC-001-01, de 2019, com maior autonomia de bateria), Switch Lite (HDH-001) e kits de desenvolvimento do console, (HAT-001 e HDH-002), bem como acessórios como o Pro Controller (HAC-013) e os Joy-Cons (HAC-015 e HAC-016).

publicidade

Segundo o site Tecnoblog, a homologação foi feita através de uma empresa chamada DKAF Representações, de Poços de Caldas (MG), que estaria atuando como “proxy” para preparar a documentação legal e homologação.

“Fomos acionados por um agente do exterior para sermos o local holder. A homologação neste momento inicial de regularização junto à Anatel sairá em nosso nome, mas não realizaremos nenhuma venda do produto diretamente”, disse a empresa em comunicado.

Vale lembrar que a homologação de um produto não é garantia de seu lançamento por aqui. O próprio modelo original do Switch foi homologado na Anatel em 2018 por uma empresa chamada M RS Digital LTDA – EPP, mas o registro expirou e a empresa deixou de existir.

Fonte: The Verge