EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Nesta quarta-feira (15), um asteroide recém-descoberto com o tamanho de uma casa vai passar em segurança pela Terra. O objeto vai voar a uma distância de 359 mil quilômetros do planeta. Esse número é menor que a distância média até a Lua, que é de 389 mil quilômetros.

Segundo a Nasa, o asteroide, chamado 2020 GH2, possui largura que varia de 13 a 70 metros. Ele foi visto pela primeira vez no último sábado (11) e está sendo rastreado por astrônomos em diversos observatórios. Apesar de voar entre a Terra e a Lua, o objeto não apresenta risco de impacto com o planeta. Para demonstrar o quão grande é esse espaço, Kelly Fast, do Escritório de Defesa Planetária da Nasa, compartilhou um vídeo no Twitter. A Terra foi representada por uma bola de basquete e a Lua por uma bola de tênis a sete metros de distância. Nessa escala, um asteroide destruidor como o que dizimou os dinossauros seria apenas um grão de sal.

publicidade

>

Apesar de raro, isso não quer dizer que não há asteroides que possam ser uma ameaça potencial ao planeta. Astrônomos de todo o mundo observam o espaço em busca de objetos que possam representar um risco à Terra. As autoridades da agência espacial afirmam que qualquer asteroide com 42 metros ou mais e que passe a menos de 7,5 milhões de quilômetros é classificado como potencialmente perigoso.

Desde 2019, foram cerca de 19 mil asteroides descobertos que se enquadram na categoria. Se o 2020 GH2 parece ser um asteroide grande, em 29 de abril, o asteroide 1998 OR2, com quatro quilômetros de diâmetro deve se aproximar da Terra. Porém, não há motivo para preocupação, já que ele vai passar a uma distância segura de 6,2 milhões de quilômetros.

Via: Space