Não é muito difícil navegar na internet e encontrar diversas notícias falsas e promessas de cura e tratamento para o novo coronavírus. Felizmente, autoridades do mundo todo não poupam esforços para mitigar essa prática.

Em um caso recente, a Polícia Civil do Paraná autuou um youtuber por divulgar informações falsas sobre imunização e até uma possível cura para a Covid-19. O criador de conteúdo, que não teve a identidade revelada, é dono de um canal com mais de 150 mil inscritos.

publicidade

Em um dos conteúdos postados, ele afirma que uma receita envolvendo cal virgem poderia fazer com que o corpo desenvolva imunidade e até seja curado da doença. De acordo com a Polícia Civil, essa é uma das informações cadastradas como falsas no site do Ministério da Saúde.

Além da divulgação das “receitas caseiras” fraudulentas para seus inscritos, o youtuber é investigado por espalhar informações falsas em grupos de WhatsApp.

A investigação foi iniciada após uma denúncia do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul. A alegação foi de que o jovem divulgou procedimentos que poderiam atentar contra a saúde de quem os reproduzisse em casa.

Com um mandado de busca e apreensão, a residência do youtuber foi vasculhada pela polícia na terça-feira (14). Lá, foram encontrados itens como armas e airsoft e um cartão de plano de saúde falsificado.
O homem foi indiciado por charlatanismo, falsidade documental, falsa identidade e falso alarde. Além disso, conforme decisão judicial, o canal deve ser retirado do ar.

Via: Uol