EnglishPortugueseSpanish

Bluetooth pode ajudar em monitoramento

Redação 15 de abril de 2020
publicidade

Soluções tecnológicas têm sido propostas como a melhor forma de identificar doentes e pessoas em risco, e conter uma pandemia. Uma iniciativa que ganhou destaque nos últimos dias une Apple e Google em um projeto conjunto.

A ideia é integrar o sistema de monitoramento de contatos aos sistemas operacionais das duas marcas. Assim, se o usuário optar por habilitar o rastreamento, seu smartphone receberá um identificador único. Cada aparelho transmite seu identificador e recebe os dos celulares vizinhos por bluetooth.

publicidade

Em uma pandemia, as organizações de saúde podem ter acesso ao banco de dados com esses contatos para orientá-los e avisar quem esteve próximo de um doente. O problema é que os dados podem ser correlacionados para identificar usuários, mesmo que sejam anonimizados. Isso pode fazer que doentes não procurem os serviços de saúde com medo de serem expostos.