EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Brasil chegou ao segundo dia consecutivo com mais de 200 mortes confirmadas por Covid-19. É uma marca representativa do estágio da doença, mas a estatística não conta a história completa do que está acontecendo no país.

O Ministério da Saúde tem demonstrado diariamente também o número de óbitos que aconteceu especificamente naquela data. E isso tem uma diferença bem grande em relação ao número total de óbitos anunciados por dia. De acordo com a pasta, apenas 10 mortes entre as 204 publicadas nesta quarta-feira (15) realmente aconteceram neste dia. 

publicidade

Reprodução

As informações foram divulgadas durante a apresentação diária do Ministério da Saúde sobre a Covid-19. Você pode conferir o gráfico no vídeo abaixo, na marca de 17 minutos e 20 segundos.

A informação pode ser interpretada de algumas formas diferente. Primeiro, o gráfico aponta uma redução no número de mortes acontecendo a cada dia, o que seria positivo, mas não é a única forma de se olhar para esse gráfico.

publicidade

A outra forma é perceber que, se 194 mortes aconteceram em dias passados e só foram confirmadas nesta quarta, é bem provável que nesta quarta-feira novos óbitos tenham acontecido e que só virão a ser confirmados ao longo dos próximos dias (ou semanas).

O dado reforça a questão da subnotificação, que tem sido tão amplamente debatida nas últimas semanas, resultado especialmente da falta de testes e da consequente política do Ministério da Saúde de orientar pessoas com sintomas leves a não saírem de casa para procurar um posto médico. Desta forma, casos leves e assintomáticos tendem a passar despercebidos.

No entanto, o gráfico também deixa muito claro que também há subnotificação de óbitos e que neste momento o número de mortos por Covid-19 no Brasil sequer está perto de ser conhecido. A situação só vai se normalizar quando houver testes suficientes para zerar a fila pelo Brasil.