EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Aconteceu de novo. A Huawei foi flagrada mais uma vez usando fotos feitas com câmeras profissionais (DSLR) como se fossem tiradas com os smartphones da marca. A gigante chinesa promoveu um concurso de fotografia e, para demonstrar a capacidade de seus dispositivos, publicou um vídeo com belíssimas imagens, segundo eles, “feitas com smartphones Huawei”. O problema é que muitas dessas fotografias foram registradas com câmeras profissionais e não com smartphones.

Reprodução

publicidade

As controversas imagens apareciam em um vídeo promocional apresentado para um concurso de fotografia da Huawei na China. Porém, o usuário do Weibo Jamie-hua, conhecido também como Huapeng Zhao, vice-campeão do iPhone Photography Awards 2018, percebeu que já havia visto aquelas fotos em algum lugar e resolveu pesquisar. Ele descobriu então que dois dos retratos foram tirados com uma câmera Nikon D850 DSLR, que custa US$ 3 mil (em conversão direta, algo em torno de 15 mil reais).

Reprodução

Ambas as fotografias são de autoria do fotógrafo Su Tie, que já trabalhou em parceria com a Huawei no passado. O mesmo problema havia sido relatado em janeiro de 2019, quando a empresa publicou algumas imagens também de autoria de Su Tie, alegando terem sido tiradas de um Huawei Mate 20X. Algum tempo depois, descobriu-se que, na verdade, as fotos haviam sido feitas com uma câmera Nikon DSLR.

Após o flagrante, a Huawei pediu desculpas, dizendo que as fotos foram “marcadas incorretamente” devido a um “descuido do editor”. Segundo a empresa, as imagens visam incentivar os usuários a compartilharem suas fotos na galeria online da Huawei. O vídeo foi atualizado para não mais dizer que todas as imagens foram feitas com celulares Huawei. Um representante da empresa apontou as regras do concurso, que dizem que “você pode publicar fotos com qualquer equipamento na comunidade Next-Image”.

publicidade

Reprodução

Esse incidente traz à tona a infame amostra de câmera DSLR da Huawei, usada na promoção do Huawei P9, em julho de 2016. À época promovendo seu novo celular, a empresa compartilhou uma foto em sua página do Google+ supostamente capturada com as câmeras traseiras do P9. A imagem era impressionante, com detalhes nítidos e muito bem definidos para uma câmera de celular. Acontece que, de fato, era bom demais para ser verdade: a foto era de uma câmera Canon EOS 5D Mark III de US$ 4.500. 

Via: Gizmochina