Participante da CES 2020 diz que circulou infectado na feira

Um dos principais eventos globais de tecnologia, a CES 2020 atraiu em janeiro milhares de representantes do setor e repórteres de todo o mundo para conferências em Las Vegas, nos Estados Unidos. Uma reportagem do APM Reports aponta que a CES 2020 pode ter contribuído na disseminação do novo coronavírus.

Nesta semana, Michael Webber, professor da Universidade do Texas, afirmou que provavelmente estava infectado com covid-19 quanto participou da feira. Ele acaba de receber o resultado de um exame de anticorpos que comprova que ele teve a doença.

Logo após a CES 2020, Webber teve alguns dos sintomas comuns da covid-19, como febre e dificuldade de respirar. Na época, entretanto, nenhum caso da doença havia sido confirmado nos Estados Unidos e poucas pessoas eram submetidas a testes para diagnostico da infecção.