EnglishPortugueseSpanish

De acordo com o primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, o país deve aplicar o mesmo plano da Austrália, que é o de criar um código de conduta para obrigar que empresas como Google e Facebook paguem para utilizar conteúdo noticioso de veículos nacionais.

Segundo Varadkar, as companhias Google, Facebook e Twitter “são uma espécie de carona gratuita com os custos pagos por outras pessoas”. Vale lembrar que a Irlanda é o país que abriga a maioria das sedes europeias das grandes empresas de tecnologia dos Estados Unidos.

publicidade

“Acho que o novo governo vai querer estudar isso e ver se faz sentido fazer algo semelhante na Irlanda”, contou o ministro, cujo partido negocia a formação de um novo governo.

ReproduçãoLeo Varadkar, primeiro-ministro da Irlanda. Créditos: Alamy Live News

Se a Irlanda seguir pelo mesmo caminho da Austrália, provavelmente vai encontrar a má recepção da ideia por parte das companhias. No geral, o argumento das plataformas é que elas apenas compartilham o conteúdo.

A França, por exemplo, que tentou implantar algo parecido ao obrigar as empresas a pagarem por exibir trechos de artigos, acabou fazendo com que o Google parasse de exibir as notícias por lá.

A primeira versão do código de conduta australiano deve ficar pronto até o fim de julho.

 

Via: Reuters