EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Apple irá adiar em dois meses o ínicio da produção da próxima geração de iPhones. Entre os motivos estão a pandemia de Covid-19, que afetou o ecossistema industrial chinês, e uma queda global na demanda por eletrônicos de consumo. As informações são da agência de notícias Reuters, citando o Wall Street Journal.

O jornal não menciona um adiamento na data de lançamento da nova geração de iPhones, até o momento conhecida como “iPhone 12”. A Apple realiza anualmente, em setembro, um evento para a imprensa para apresentar os aparelhos, mas isso pode mudar neste ano de acordo com a progressão da pandemia. Neste mês, a Apple anunciou um smartphone de baixo custo, o novo iPhone SE, sem evento presencial ou mesmo virtual.

publicidade

Além do adiamento no início da produção, o Wall Street Journal afirma que a Apple planeja reduzir a quantidade de aparelhos que serão produzidos no segundo semestre deste ano em até 20%.

Fonte: Reuters