EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Nesta semana, a Mozilla, criadora do navegador Firefox, revelou um novo projeto para levar sua tecnologia de reconhecimento automático de fala (ASR) para a Lua. O trabalho será feito em parceria com o Centro Aeroespacial Alemão, também conhecido como Deutsches Zentrum für Luft- und Raumfahrt (DLR).

A ideia é utilizar a tecnologia em robôs usados ​​em missões espaciais para apoiar astronautas em tarefas que incluem, entre outras, manutenção e reparos, além de auxiliar em experimentos ou coleta de amostras.

publicidade

Segundo a Mozilla, os mecanismos ASR e de ‘text to speech’, que transforma texto em áudio, fornecerão “controle de voz aos robôs quando os astronautas estiverem com as mãos ocupadas”. Ainda não se sabe, no entanto, quais robôs exatamente receberão a inovação.

Reprodução

Como funciona?

O sistema é composto por dois subsistemas principais: um modelo acústico e um decodificador. O modelo acústico é uma rede neural que recebe recursos de áudio e gera probabilidades de caracteres. Já o decodificador usa um algoritmo de busca para transformar as probabilidades de caracteres em transcrições de texto que são, então, retornadas ao sistema.

A agência espacial alemã tem engenheiros trabalhando duro para integrar a tecnologia ao hardware do sistema. A organização também pretende contribuir com a Mozilla por meio de testes, exemplos de fala e gravações que podem melhorar a precisão do programa.

publicidade

Via: ZDNet