EnglishPortugueseSpanish

Usuários do Gmail reportaram nesta terça-feira (5) que a prometida integração com o Google Meet começou a ser disponibilizada. O serviço de videoconferência, que até pouco tempo era exclusivo para usuários corporativos do pacote G Suite, é visto como concorrente de ferramentas como o Zoom e Microsoft Teams.

Os usuários já contemplados com o acesso ao Meet verão um item no painel esquerdo da janela do Gmail, onde poderão iniciar ou entrar em uma reunião. É possível criar videoconferências gratuitas  com até 100 participantes e elas poderão ter até 60 minutos de duração, embora o Google afirme que não irá impor este limite até 30 de setembro.

publicidade

Reprodução

O serviço tem integração com o Google Calendar, o que torna mais fácil criar, iniciar ou entrar em uma conferência. O Google frisa a “fundação segura” sobre a qual seu serviço foi construído como uma forma de destacá-lo em relação a concorrentes como o Zoom, que vem sendo duramente criticado por falhas de segurança.

A integração do Gmail com o Meet está sendo ativada gradualmente, ou seja, pode demorar um pouco para que ela chegue a todos os usuários. Interessados no serviço podem se cadastrar no site do Google para serem notificados quando ele estiver disponível.

Fonte: The Verge