EnglishPortugueseSpanish

Provedores de IPTV são desligados por movimento antipirataria

Redação 11 de maio de 2020
publicidade

No ano passado, empresas da indústria do entretenimento se uniram para agir contra sites e serviços piratas que violam direitos autorais. O grupo, chamado de Motion Picture Association of America, agora lidera uma nova inciativa, a Alliance for Creativity and Entertainment.

O projeto é uma coalizão global antipirataria que busca encontrar e fechar plataformas que distribuem conteúdo protegido. O foco atual são os provedores pirata de IPTV.

publicidade

Em ação recente, dois deles, o T.KO TV e a DripTV, caíram após investidas jurídicas. Ambos ofereciam pacotes de assinatura que davam acesso a canais de TV pagos. Os preços são baixos, o que leva os consumidores a preferirem o serviço em vez das versões legítimas.