EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Ainda em quarentena (ou “estabilização da saúde da tripulação de voo“), os astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley serão levados nesta quarta-feira (20) do Johnson Space Center em Houston para o espaçoporto da Nasa na Flórida – mais uma etapa antes do lançamento histórico da Crew Dragon na missão Demo-2.

A cápsula da SpaceX chegou mais cedo, na noite da última sexta-feira (15). O lançamento com destino a Estação Espacial Internacional está marcado para o próximo dia 27, às 17h33 (Horário de Brasília), a partir do Complexo de Lançamento 39 do Kennedy Space Center.

publicidade

A Demo-2 servirá como um teste para validar o sistema de transporte da tripulação da SpaceX – o primeiro a ser certificado desde 1981, quando a agência espacial norte-americana realizou o voo inaugural do ônibus espacial.

Nasa/Kim Shiflett

A espaçonave da SpaceX, Crew Dragon, chega ao Complexo de Lançamento 39A no Kennedy Space Center da Nasa. Imagem: Nasa/Kim Shiflett

A missão, que levará os astronautas da Nasa para a ISS, será o primeiro voo espacial orbital humano a ser lançado do solo dos EUA desde que a frota de ônibus espaciais foi aposentada em julho de 2011. Desde então, a agência contava apenas com a espaçonave russa Soyuz para executar este serviço de transporte

publicidade

A Crew Dragon já fez uma viagem para a ISS, sem tripulação, em março de 2019. A SpaceX lançou outra Crew Dragon em janeiro para demonstrar o sistema de aborto em voo da cápsula em caso de emergência durante a viagem para a espaço.

A missão dos astronautas pode durar até três meses e meio. Depois disso, se tudo der certo, engenheiros da agência espacial e da SpaceX passarão os próximos meses revisando os dados da missão para determinar se a cápsula foi aprovada. Se passar na revisão final, a Crew Dragon estará pronta para iniciar missões operacionais que transportam astronautas da Nasa ou outros clientes pagantes para a Estação Espacial.

Via: Nasa/Space.com