EnglishPortugueseSpanish

Falha no Android pode afetar milhões de usuários

Redação 29 de maio de 2020
publicidade

A empresa norueguesa Promon, que faz pesquisa de segurança, descobriu uma nova vulnerabilidade crítica no Android. A falha permite que hackers mascarem aplicativos maliciosos e rastreiem o usuário para ter acesso a informações pessoais.

Chamada de StrandHogg 2.0, a vulnerabilidade está em todos os celulares com Android, com exceção dos que usam a versão mais recente do sistema operacional, o Android 10. Isso quer dizer que milhões de dispositivos podem ser afetados, já que, segundo o Google, apenas 16% dos 2,5 bilhões de dispositivos têm a última versão instalada.

publicidade