De acordo com informações da CNBC, os procuradores-gerais dos Estados Unidos estão inclinados a pressionar o Google a desmembrar sua divisão de anúncios de tecnologia. Essa decisão era esperada e surge como um desdobramento de uma investigação movida contra a empresa por possíveis violações antitruste.

As investigações pelas quais o Google passa estão ligadas ao viés de pesquisa, publicidade e gerenciamento do sistema operacional Android, de propriedade da empresa. A companhia enfrenta escrutínio do Departamento de Justiça norte-americano e de quase todos os procuradores-gerais dos estados.

publicidade

Questionada, Julie Tarallo MacAlister, porta-voz do Google, disse que a empresa continua a contribuir com o Departamento de Justiça e o escritório do procurador-geral do Texas, estado que lidera as investigações.

“Não temos atualizações ou comentários sobre a especulação [de prática antitruste]. Os fatos são claros: nossos produtos de publicidade digital competem em um setor lotado com centenas de rivais e tecnologias que ajudaram a reduzir custos para anunciantes e consumidores”, disse Tarallo.

Via: Reuters