EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Ministério da Saúde voltou a divulgar em sua plataforma oficial os dados completos de casos e óbitos relacionados ao coronavírus no Brasil nesta terça-feira (9), após receber críticas quanto ao novo formato de divulgação, que havia parado de informar os números totais da pandemia. A determinação da retomada foi feita por Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), na última segunda-feira (8).

Além de retomar as divulgações completas, o Ministério da Saúde também voltou a fazê-las por volta das 18h. Recentemente, a pasta vinha publicando o balanço cada vez mais tarde – chegando às 22h -, porque, segundo especulações, tinha como intuito defasar os telejornais noturnos.

publicidade

A forma de divulgação dos dados referentes à pandemia já vinha sendo questionada desde a última sexta-feira (5), quando a plataforma saiu do ar sem anúncio prévio. Na ocasião, o ex-ministro da pasta, Luiz Henrique Mandetta, e outro ministro do STF, Gilmar Mendes, bem como secretários estaduais, criticaram o ocorrido.

Ainda na sexta-feira (5), a plataforma voltou ao ar depois de 20 horas offline, mas já com as informações quanto aos números totais de casos e mortes ausentes. O histórico de evolução da Covid-19 no Brasil também havia sido retirado.

Isso afetou diretamente o levantamento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que desde o início da pandemia tem monitorado a disseminação do coronavírus pelo mundo. Com os dados brasileiros defasados, a instituição já não conseguia apontar os números do país no último sábado (6).

No último domingo (7), o número de mortes em 24 horas divulgado na plataforma sofreu uma divergência: num primeiro momento, eram 1.382 óbitos; depois, uma alteração apontou para 525 mortes – 857 a menos. Daí a determinação do STF.

publicidade

Reprodução

Dados mais atualizados da Covid-19 no Brasil neste momento (9 de junho de 2020). Imagem: Olhar Digital

Agora, os dados atualizados às 18h45 desta terça-feira (9), na plataforma oficial do Ministério da Saúde, apontam para um total de 739.503 casos confirmados e 38.406 óbitos. Nas últimas 24 horas, foram 32.091 diagnósticos e 1.272 novas mortes.

 

Via: Uol