Pesquisadores da Universidade de São Paulo trabalha em uma vacina aplicada por spray nasal. Quando utilizado, o composto fica nas narinas por quatro horas. Esse tempo é suficiente para que a resposta imunológica do indivíduo seja ativada.

Segundo os cientistas, serão necessárias quatro aplicações, a cada 15 dias, para que a imunização seja garantida. A expectativa é que o protótipo esteja pronto em cerca de três meses.

publicidade

Os pesquisadores estimam que o preço do produto para o público seja de 100 reais. Um modelo de imunização parecido já foi testado em camundongos contra a hepatite B e teve resultados positivos.