Usuários do Windows 10 que instalaram as atualizações cumulativas de maio de 2020 e junho de 2020 estão reportando problemas ao usar o serviço de armazenamento na nuvem OneDrive e o cliente de e-mail Outlook.

Os problemas com o OneDrive surgem após instalar a versão 2004 do Windows 10, que foi lançada em 27 de maio. Um usuário relata que “arquivos armazenados em um disco separado do disco do sistema aparecem no gerenciador de arquivos, mas não podem ser acessados. Os arquivos online estão OK. A mensagem no ícone do OneDrive na área de notificação diz que milhares de arquivos estão sendo processados”.

publicidade

Para corrigir o problema, alguns usuários recomendam resetar o OneDrive seguindo os passos abaixo:

  • Abra a janela “Executar” do Windows, teclando Win+R
  • Cole o comando a seguir no campo de texto: %localappdata%\Microsoft\OneDrive\onedrive.exe /reset
  • Clique em OK
  • Abra novamente o OneDrive

Outros usuários reclamam de uma mensagem de erro que diz que “O OneDrive não conseguiu se conectar ao Windows”. Segundo o site Windows Latest, o problema foi relatado há pelo menos 5 meses por usuários do Windows Insider (que testam novas versões do sistema antes do grande público), e de alguma forma acabou “escapando” em uma atualização.

Uma possível solução envolve editar uma chave no registro do sistema:

  • Abra o Editor de Registro
  • No painel à esquerda, expanda o item Computador e navegue até a chave HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Services\CldFlt\Instances
  • Mude o valor de DefaultInstance de CldFltUpper para CldFlt

Já os usuários do Outlook que atualizaram o aplicativo desktop para a versão 2005 build 12827.20268 e instalaram o patch de junho de 2020 para o Windows 10 versão 2004/1909/1903 reclamam que o programa não abre, e mostra a seguinte mensagem de erro: “Algo está errado com um de seus arquivos de dados e o Outlook precisa ser fechado. O Outlook pode ser capaz de corrigir seu arquivo. Clique em OK para rodar a Ferramenta de Reparo da Caixa de Entrada”.

Reprodução

A Microsoft reconhece o problema, e afirma que está trabalhando em uma correção que será distribuída via Windows Update. Enquanto isso, uma solução envolve, novamente, a modificação do registro:

  • Abra o Editor de Registro
  • No painel à esquerda, expanda o item Computador e navegue até HKEY_CURRENT_USER\SOFTWARE\Microsoft\Office\16.0\Outlook\PST
  • Exclua as chaves LastCorruptStore e PromptRepair
  • Reinicie o Outlook

Fonte: Windows Latest