EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Google luta há anos para convencer as inúmeras fabricantes de dispositivos Android a prepararem seus produtos para receber, sempre que disponível, a versão mais recente do sistema operacional. No geral, é por conta da pluralidade de marcas envolvidas que o Android não é capaz de atingir uma taxa de adesão tão rápida ou tão grande quanto à concorrente. Contudo, o Android 10 superou seus antecessores e pode estar preparando um terreno fértil para o Android 11, seu sucessor.

Segundo dados levantados em pesquisa do Google, o Android 10 já havia sido instalado em mais de 100 milhões de dispositivos cinco meses após seu lançamento, que aconteceu em setembro de 2019. Esse número mostra que, no mesmo período entre 2018 e 2019, demorou 28% mais tempo para que o Android Pie, versão anterior ao Android 10, atingisse o mesmo marco de downloads do sistema operacional atual.

publicidade

Para o Google, o aumento na taxa de adesão é um reflexo das melhorias que a empresa vem realizando ao longo dos anos com foco, justamente, nesse aspecto importante da campanha de um sistema operacional: o suporte dos dispositivos. O Project Treble, para o Android Oreo, e o Project Mainline, para o Android 10, são exemplos de iniciativas que o Google desenvolveu para apoiar as fabricantes que querem acompanhar o ritmo das constantes novas atualizações.

Reprodução

Gráfico comparativo da adesão às diferentes versões do Android. Imagem: Google

Como é possível observar no gráfico, a adesão do Android 10 realmente se destacou se comparada à campanha de seus antecessores. No entanto, o novo levantamento não conta com números detalhados, como os que mostraram ao Google que o Android Pie só havia sido instalado em 22,6% dos dispositivos Android na época do lançamento de seu próximo sistema operacional (o atual Android 10).

publicidade

Além disso, ainda que os números tenham crescido para os parâmetros internos, é preciso lembrar que a concorrente Apple possui uma taxa de adesão de 81% ao iOS 13, seu software mais recente, justamente por conta de seu sistema e produto completamente alinhados.

Ainda assim, vale ressaltar que o Google fez um grande progresso e que o bom desempenho do Android 10 propicia uma tendência positiva para o Android 11, que será lançado ainda em 2020.

 

Via: The Verge