Pela primeira vez em quase um ano, a SpaceX empilhou um “nariz” no topo de uma seção de um protótipo da Starship. A manobra pode indicar que a empresa está se preparando para uma nova série de testes aerodinâmicos de sua espaçonave.

O primeiro protótipo da Starship, chamado MK1, foi apresentado em estava “estruturalmente completo”, com nariz, mas nem de longe era funcional. Depois da apresentação ele foi desmontado e seu tanque de combustível foi usado em um teste de pressurização, quando explodiu.

publicidade

Desde então a SpaceX construiu mais sete protótipos. SN1 e SN3 explodiram em testes de pressurização, SN2 passou nos testes, SN4 pegou fogo, SN5 será usado em um voo em baixa altitude nos próximos dias e SN7 foi destruído propositalmente para testar a durabilidade de uma nova liga de aço.

Mas nenhum destes protótipos tinha um nariz. Ele é desnecessário em testes de pressurização, e aerodinamicamente não faz diferença nenhuma em testes de baixa altitude como o da SN5. Ainda assim, a empresa tem cerca de cinco narizes prontos em sua base em Boca Chica, no Texas, provavelmente construídos para testar e aperfeiçoar técnicas de produção e montagem.

Não está claro onde o nariz que foi empilhado nesta semana será usado. Mesmo que a SN5 sobreviva a seu primeiro voo, é improvável que ela receba um upgrade com os três motores Raptor necessários para testes em grande altitude, isso provavelmente acontecerá em um protótipo construído especialmente para isso.

Reprodução

Starship SN6 quase completa, e seção da SN8 à esquerda. Foto: BocaChicaGal

Possíveis candidatos são a SN6, que já está quase pronta, ou a SN8, cuja construção já começou. É possível também que o empilhamento tenha sido só uma manobra para testar o procedimento, e que o nariz usado não tenha sido projetado para voo.

De qualquer forma, a Starship está tomando forma. É muito provável que ela não vá pousar na Lua em 2021, como previsto por Musk, mas ao poucos o sonho de um veículo capaz de transportar uma grande quantidade de pessoas ao espaço vai se tornando realidade.

Fonte: Teslarati