Um comunicado compartilhado nesta quinta-feira pelo Centro de Cyber Segurança do Reino Unido, o NCSC, informa que o governo da Rússia tem uma operação que usa hackers em ataques para roubar pesquisas que buscam uma vacina para a covid-19. O documento diz que universidades e empresas farmacêuticas de outros países são os principais alvos da ação.

Reino Unido, Estados Unidos e Canadá divulgaram juntos uma declaração que atribui a autoria dos ataques ao grupo APT29, popularmente conhecido na internet como “Cozy Bear”. De acordo com o comunicado, os hackers são parte do trabalho desempenhado pelo órgão de inteligência da Rússia. O NCSC informa que diferentes técnicas de ataque foram utilizadas, além do fato de as tentativas serem contínuas.

publicidade