A AMD está lançando os primeiros processadores da família Ryzen produzidos em um processo de 7 nanômetros. Inicialmente os chips da “Série 4.000” estarão disponíveis apenas aos fabricantes (OEMs) de desktops para usuários domésticos, de sistemas all-in-one (AIO) aos tradicionais gabinetes torre. Mais tarde, a AMD pretende lançar outros modelos feitos para os entusiastas que preferem montar seus próprios computadores.

A linha é composta por seis processadores nas linhas Ryzen 3, 5 e 7. O modelo de entrada é o Ryzen 4300 GE, com 4 núcleos (8 Threads) rodando a 3,5 GHz, com GPU integrada com seis núcleos e dissipação (TDP) de 35 Watts. O mais sofisticado é o Ryzen 7 4700G, com 8 núcleos (16 Threads) rodando a 3,6 GHz, com GPU integrada com 8 núcleos e dissipação de 65 Watts. Segundo a AMD, todos oferecem um desempenho “extensamente melhorado” em jogos, mesmo em sistemas sem uma GPU dedicada.

publicidade

Os novos chips são baseados na arquitetura Zen 2, a mesma que será usada no PlayStation 5 e Xbox Series X. Ainda neste ano a AMD deve lançar uma nova geração da arquitetura, que será chamada de Zen 3.

Fonte: The Verge