Categoras: Notícias

Foxconn vai investir US$ 8 bilhões em nova fábrica na China

A Foxconn, empresa chinesa responsável pela fabricação de produtos da Apple, se prepara para construir mais uma fábrica de montagem e testes de semicondutores na China, em Qingdao, no nordeste do país. 

O projeto contará com um investimento total de 60 bilhões de yuans (cerca de US$ 8 bilhões). Parte desse dinheiro será fornecido pelo Rongkong Group, que faz parte do fundo de investimentos do governo chinês.

Segundo revelaram ao DigiTimes fontes próximas ao assunto, os chips produzidos na nova fábrica serão usados em redes 5G, celulares e aparelhos relacionados à internet das coisas (IoT) e inteligência artificial (IA). A nova instalação foi projetada para fabricar até 30 mil chips por mês.

A estimativa é que a planta de Qingdao comece a operar em 2021, com planos de uma possível expansão até 2025. 

Linha de montagem em fábrica da Foxconn. Foto: Reprodução

Produção paralisada

Em fevereiro, a produção de iPhones na China foi paralisada para impedir a disseminação do novo coronavírus no país, época em que foi epicentro de contágio. A receita da empresa teve então a maior queda mensal em sete anos.

Na época, a Foxconn converteu algumas de suas linhas de produção para fabricar máscaras cirúrgicas, item que estava em falta na China. O retorno das operações das fábricas chinesas da Foxconn se deu em março.

A maior parte da produção da Foxconn fica concentrada na China. A empresa também possui linhas de produção na Índia, México, Brasil (em Jundiaí, interior de São Paulo), e deve inaugurar uma instalação nos Estados Unidos, em Wisconsin, ainda este ano.

Via: Gizmochina

Esta post foi modificado pela última vez em 22 de julho de 2020 20:44

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Fabiana Rolfini