EnglishPortugueseSpanish

Uma rara máquina de criptografia com quatro rotores, de 1944, e utilizada para cifrar e decifrar códigos de guerra, pelo valor de US$ 437,9 mil (aproximadamente R$ 2,2 milhões). Achou caro? Essa foi a proposta vencedora do leilão realizado pela empresa Christie’s, especializada em artefatos históricos.

Criada por Arthur Scherbius e utilizada pelos militares alemães, a Enigma M4 é considerada um dos maiores desafios de descodificação enfrentados pelos Aliados na Segunda Guerra Mundial. Hoje, restam menos de 100 exemplares da M4 no mundo.

publicidade

Highcompressed_997623469.jpg

Para descodificar a mensagem, o militar necessitava de outra máquina e um caderno para anotações. Foto: Unsplash

O equipamento conta com um teclado e quatro rotores. Ao apertar uma tecla, uma corrente elétrica percorria o interior da máquina e fazia com que os rotores funcionassem continuamente, resultando em diferentes possibilidades de codificação.

As possibilidades numéricas chegavam a mais de seis sextilhões de códigos, mas para “facilitar” a descriptografia das mensagens, os alemães distribuíam uma tabela mensal para indicar quais rotores seriam utilizados naquele período.

Além de um espaço conquistado na história bélica mundial, as máquinas Enigmas foram essenciais no desenvolvimento tecnológico. Segundo a empresa Christie’s, os esforços dos aliados para descodificarem as Enigmas, resultaram na criação do primeiro computador programável, criado por Alan Turing.

Via: ZDNet