Um software de registro de impostos para empresas chinesas tem sido alvo de críticas. Isso porque a aplicação esconde um spyware. Seu uso é uma exigência do governo chinês: é a partir desse programa que o país mantém o controle da indústria.

Essa não é a primeira vez que a China é acusada de vigiar empresas e pessoas por meio de spywares. Segundo a Ars Technica, depois que a ferramenta é instalada no computador, ela passa a coletar informações do dispositivo.

publicidade

Quem identificou a praga virtual foi a Trustwave. A empresa ainda investiga o software e seus pesquisadores agora buscam a payload. É essa parte do vírus de computador que executa a ação nociva. Por enquanto, os analistas não sabem quais informações são coletadas, mas apontam que há um grande problema ocorrendo.