A China entrou oficialmente na corrida rumo a Marte. A primeira missão chinesa ao planeta lançou o foguete Long March 5 às 12h40 desta quinta-feira no horário local. Se tudo correr como o previsto, a sonda Tianwen-1 deve chegar ao planeta vermelho em fevereiro de 2021. O equipamento é formado por três elementos: um módulo de aterrissagem, um rover e um orbitador.

De acordo com um paper publicado na revista Nature, a missão tem cinco objetivos principais. Ela deve mapear a morfologia e a estrutura geológica do planeta, investigar as características do solo, analisar a composição material da superfície, medir a ionosfera e outras características do clima e do meio ambiente de Marte e conhecer os campos magnético e gravitacional do planeta.

publicidade