EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Assim como o Apple Watch, a Samsung implementou em seu novo smartwatch, o Galaxy Watch 3, um sistema de eletrocardiograma (ECG). Com isso, o dispositivo torna-se o segundo do tipo a receber a autorização da Food and Drug Administration (FDA) para utilizar o recurso.

“Estou animado em anunciar que acabamos de receber a liberação da FDA para o aplicativo de monitoramento ECG da Samsung”, disse Federico Casalegno, vice-presidente sênior da Samsung, durante o evento Galaxy Unpacked, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (5).

publicidade

A autorização significa que o relógio inteligente pode ser usado para medições. No entanto, não significa que deve substituir aparelhos feitos especificamente para isso, como marca-passos, que recebem autorizações de Classe III após testes extensivos.

No caso da Samsung, o smartwatch foi categorizado como Classe II – mesma categoria dos testes de gravidez e dispositivos para medição de pressão arterial.

O Galaxy Watch 3 também possui suporte para medir pressão arterial e o nível de oxigênio do sangue. No entanto, por enquanto, nenhum dos dois recursos recebeu autorização para funcionar. Apesar disso, podem ser disponibilizados a qualquer momento após permissão do FDA.

Galaxy Watch 3

A Samsung renovou sua linha de smartwatches com o Galaxy Watch 3, que chega ao mercado em duas versões, que diferem basicamente em tamanho e, consequentemente, em bateria. A versão de 45 milímetros tem uma bateria de 340 mAh, enquanto a de 41 mm tem 247 mAh.

publicidade

Em tempos de coronavírus e mais pessoas preocupadas com suas saúdes, a Samsung destaca alguns recursos interessantes para o momento. Os modelos são capazes de realizar a leitura da pressão arterial e eletrocardiogramas dos usuários com precisão médica, segundo a empresa. Também há o recurso de medição de oxigenação sanguínea, mas neste caso a companhia ressalta que a função não serve para diagnóstico médico. Por fim, há também um detector de quedas, que permite alertar de forma automática até quatro pessoas caso o sensor perceba que o usuário com dificuldades de locomoção caiu no chão.

O Galaxy Watch 3 ainda conta com sistema de pontuação do sono, monitoramento de ciclos menstruais para mulheres, e geração de relatórios para atividades físicas. O aparelho também permite uma série de interações com o celular sem precisar tirá-lo do bolso, como controlar reprodução de música, disparar a câmera ou controlar apresentações.

Via: The Verge