EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Não é novidade que cada vez mais dispositivos dobráveis surgem no mercado e os leitores eletrônicos – como os Kindles – podem ser os próximos a entrar nessa onda. Essa ideia ganhou força com a divulgação de um protótipo desenvolvido pela E Ink Corporation, empresa responsável pela tecnologia de papel digital mais comumente utilizada.

Foi o laboratório de pesquisa e desenvolvimento da E Ink que idealizou o projeto de um leitor eletrônico dobrável. Em um vídeo divulgado pelo portal Good e-Reader, especializado nesse tipo de tecnologia, é possível conhecer um pouco do funcionamento do dobrável da E Ink. Confira:

publicidade

A empresa já havia revelado uma versão do leitor eletrônico dobrável em junho, mas o protótipo mais recente conta com uma dobradiça mais resistente, cinco botões dedicados e duas barras de luz posicionadas no topo do dispositivo para otimizar a iluminação. Além disso, foi integrada uma tecnologia da Wacon, empresa especializada em mesas digitalizadoras e demais produtos com canetas digitais, a fim de possibilitar anotações.

O conceito é muito interessante: um leitor eletrônico dobrável entrega uma tela mais espaçosa sem ocupar mais espaço e a dobra por si só remete ao formato tradicional dos livros físicos. Soma-se a isso a possibilidade de fazer anotações e tem-se um produto muito útil.

Ainda assim, vale lembrar que se trata apenas de um protótipo que, antes de ser lançado oficialmente, precisa passar por muitos ajustes e melhorias. A ideia das anotações é muito boa, mas, no geral, a tecnologia digitalizadora carece de uma baixa latência para não ser limitada e leitores eletrônicos não são programados para isso.

publicidade

Por ora, o jeito é acompanhar o desenvolvimento de produtos como esse.

Via: The Verge