EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Receita Federal de Pelotas (RS) abriu um leilão eletrônico que dispõe de diversos aparelhos eletrônicos a preços bem reduzidos. Qualquer pessoa pode participar, mas o prazo é curto: os itens ficarão disponíveis para propostas somente até as 18h desta terça-feira (11), e o pregão será realizado às 9h30 do dia seguinte (12). 

O leilão tem ao todo 58 lotes, e inclui desde garrafas de vinho a caminhões, mas é especialmente interessante para quem curte games e celulares. Quem adquirir o lote 1, por exemplo, pode levar um PlayStation 4 e um Redmi Note 7 por apenas R$ 819. No lote 7, um smartphone Moto C sai por R$ 630. 

publicidade

Um dos lotes mais atrativos talvez seja o de número 15, que contém um Redmi Note 7, um Chromecast, um Xbox One, um fone de ouvido wireless e diversos outros itens pelo lance mínimo de R$ 1.800. Outros lotes contam ainda com consoles da Nintendo, câmeras, caixas de som e até mesmo barbeadores.

lote7-leilao.jpg

Itens do lote 7. Imagem: Reprodução/Receita Federal

Como funciona o leilão

Os valores citados são os lances mínimos de cada lote, e, como em qualquer leilão, os preços podem subir durante o pregão.

publicidade

Funciona assim: na primeira etapa, os interessados fazem propostas de quanto pretendem pagar por cada lote. Em relação ao lote 15, por exemplo, essas propostas devem ser maiores que R$ 1.800. O participante que oferecer o maior valor está garantido na fase 2. Para acompanhá-lo, é preciso propor um valor que seja no máximo 10% inferior. Na prática, é preciso caprichar no lance, ou então lidar com a desclassificação. 

No pregão da quarta-feira (12), os lotes começam com o maior valor proposto na primeira etapa. A partir daí, os preços vão crescendo conforme os lances dos participantes, e ganha quem oferecer mais. 

O leilão é destinado tanto a pessoas físicas quanto jurídicas. No caso das primeiras, os produtos adquiridos devem servir para consumo próprio, e é proibido revendê-los. Para participar, é preciso obter um certificado por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), disponível neste link. A lista completa de lotes pode ser conferida aqui.

Via: Receita Federal