EnglishPortugueseSpanish

Obesidade masculina agrava a covid-19

Redação 13 de agosto de 2020
publicidade

Um estudo conduzido na Califórnia avaliou 5.652 pacientes que contraíram a covid-19 entre fevereiro e maio. Os resultados foram publicados na revista Annals of Internal Medicine e apontam que a obesidade pode ser considerada um fator de risco para a doença. Os mais atingidos são homens abaixo de 60 anos: para eles, há até quatro vezes mais risco de morte.

Segundo os pesquisadores, há uma associação impressionante entre o Índice de Massa Corporal e o risco de morte entre pacientes com diagnóstico de covid-19. Essa associação independe das comorbidades relacionadas à obesidade. Eles destacam, ainda, que o risco pode não ser uniforme em diferentes populações.

publicidade

Os cientistas acreditam que o resultado garante que medidas extras sejam consideradas para diminuir os efeitos da doença nesse grupo. Recentemente, a Agência de Saúde do Reino Unido divulgou uma pesquisa que indica relação entre sobrepeso e aumento dos riscos do novo coronavírus. Pacientes acima do peso têm 40% de chance de morrer em decorrência da doença. Nos obesos, o risco sobe para até 90%.