EnglishPortugueseSpanish

Plasma de cavalos produz anticorpos mais potentes que de humanos

Redação 13 de agosto de 2020
publicidade

Anticorpos neutralizantes têm sido uma das apostas no tratamento da covid-19. Uma pesquisa do Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro verificou que o soro produzido com plasma de cavalos oferece esses elementos com até 100 vezes mais potência do que o feito com plasma de doentes convalescentes.

A substância produzida foi chamada de gamaglobulina hiperimune. Para obtê-la, os pesquisadores inocularam o antígeno durante três semanas no plasma de cinco cavalos do Instituto Vital Brazil. A produção do composto foi estimulada com a aplicação de proteína S recombinante do novo coronavírus nos animais. Os anticorpos apareceram 70 dias após a primeira aplicação.

publicidade

Segundo Jerson Lima Silva, que coordena o projeto, uma vantagem do estudo é ele ser complementar às possibilidades de vacinas em desenvolvimento. A ideia é que o soro seja usado como tratamento, por meio de imunoterapia ou imunização passiva.