A SpaceX tem lançado foguetes em um ritmo acelerado a fim de implantar satélites, não apenas para a construção da Starlink, sua constelação artificial que fornecerá internet, mas também para empresas, como parte de seu programa Smallsat Rideshare, que faz viagens terceirizadas para o espaço.

Sendo assim, neste fim de semana, a SpaceX deve enviar três satélites: um de observação terrestre chamado Saocom 1B, para a agência espacial argentina CONAE; um de imagem de radar comercial, para a agência espacial estadunidense Capella Space; e um de dados meteorológicos, para a empresa meteorológica PlanetiQ, também dos Estados Unidos.

publicidade

Embora pareça uma missão simples para a SpaceX, que está acostumada com esses eventos, esse lançamento é um pouco diferente dos mais recentes, já que a empresa aeroespacial de Elon Musk tentará fazer o primeiro pouso em terra desde março deste ano.

Reprodução

Satélite na órbita da Terra. Imagem: Aleksandr Morrisovich/Shutterstock

Nos últimos cinco meses, os foguetes Falcon 9 têm retornado à Terra com pousos na costa da Flórida, ou seja, no Oceano Atlântico. Desta vez, no entanto, a trajetória do voo obrigada o foguete a pousar em terra firme.

Se tudo ocorrer como o planejado, a missão será lançada às 20h19 (horário de Brasília) desta sexta-feira (28) a partir do Cabo Canaveral, na Flórida, e, em questão de apenas oito minutos, Falcon 9 deve estar de volta à Terra. Para obter informações sobre como acompanhar o processo, basta ficar de olho no Twitter e no Facebook da SpaceX, plataformas pelas quais a empresa provavelmente transmitirá o lançamento.

A SpaceX ainda não revelou se mostrará as implantações dos satélites, mas com certeza será possível assistir ao Falcon 9 pousando em pé em terra firme, uma imagem que nunca deixa de surpreender.

Via: Digital Trends