Em maio, o Instagram lançou a aba “Guias” com dicas de bem-estar. Agora, a rede social está trabalhando na atualização do recurso, adicionando a possibilidade de criadores adicionarem recomendações sobre outros assuntos, como sugestões de lugares para visitar ou até mesmo produtos para comprar.

Segundo Adam Mosseri, CEO da rede social, a ferramenta foi originalmente pensada para ajudar os usuários em viagens, mas o Instagram mudou o direcionamento por conta da pandemia de coronavírus. A atualização, então, seria apenas uma “volta às origens” para o recurso, que permitiria aos usuários compartilhar sugestões em um formato mais longo, não apenas por fotos ou vídeos, dentro da própria rede social.

publicidade

A atualização foi descoberta e divulgada por Alessandro Paluzzi em seu Twitter. Ele diz ter encontrado a novidade ao fazer a engenharia reversa do aplicativo, e a mudança não foi lançada para uma base maior de usuários. Os testes de Paluzzi mostram que ao selecionar a opção de nova publicação no Instagram, uma nova tela mostraria todas as opções possível, incluindo IGTV, feed, story e Guias. Ao escolher a última opção, um novo menu daria todas as opções disponíveis: lugares, produtos ou posts, onde seria possível postagens gerais.

O Instagram confirmou que as novidades fazem parte de uma série de melhorias no recurso. “Isso é parte de um teste inicial. Teremos mais para compartilhar em breve”, destacou um porta-voz. A rede social, porém, se recusou a dar mais detalhes do que pode estar por vir, afirmando que ainda está em fases iniciais e que tudo pode ser alterado com base na resposta dos usuários.

Golpes com perfis clonados

Um novo golpe no Instagram está clonando perfis para pedir dinheiro aos amigos e familiares das vítimas. A denúncia foi feita por Jake Moore, especialista em segurança digital, e compartilhada no site WeLiveSecurity, ligado à empresa de tecnologia da informação Eset.

Após identificar o golpe, Moore tentou reproduzi-lo entre seus amigos para verificar quem cairia na história dos criminosos. Espantosamente, muitos deles teriam sido vítimas do golpe, já que se ofereceram para ajudar sem ao menos questionar o ocorrido.

Via: TechCrunch