EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Apple encerrou, nesta sexta-feira (28), a conta de desenvolvedor da Epic Games na App Store, em meio aos conflitos entre as duas companhias sobre as políticas de cobrança da plataforma. A medida impede que a desenvolvedora de jogos eletrônicos lance novos produtos ou atualizações para seus aplicativos, incluindo títulos como Fortnite e Infinity Blade.

De acordo com a Apple, no entanto, usuários que baixaram Fortnite anteriormente no iOS e Mac ainda podem continuar jogando. Em nota, a gigante de tecnologia disse que está desapontada com a situação e ressaltou que, antes dos embates, as empresas trabalharam juntas por muitos anos.

publicidade

“O tribunal recomendou que a Epic cumprisse as diretrizes da App Store enquanto o caso avança [na justiça], diretrizes que a empresa seguiu na última década até criar essa situação. A Epic recusou. Em vez disso, [a companhia] envia repetidamente atualizações do Fortnite destinadas a violar as diretrizes da App Store. Isso não é justo para todos os outros desenvolvedores da App Store e está colocando os clientes no meio da briga. Esperamos poder trabalhar juntos novamente no futuro, mas infelizmente isso não é possível agora”, afirmou a Apple, em nota.

Na semana passada, a empresa já havia declarado a intenção de remover a conta de desenvolvedor da Epic Games nesta sexta-feira. A Apple ainda ameaçou retirar o suporte para o motor gráfico Unreal Engine – que serve como ferramenta de desenvolvimento de milhares de jogos em múltiplas plataformas. Na segunda-feira, porém, a justiça dos EUA emitiu uma ordem temporária que garante a manutenção da Unreal Engine na App Store. Por outro lado, o pedido da Epic para preservar o Fornite na loja de aplicativos foi negado.

O presidente-executivo da Epic Games, Tim Sweeney, reagiu às declarações da Apple. Pelo Twitter, ele negou que desenvolvedora tenha tentado submeter repetidamente novas versões do Fornite à App Store.

publicidade

Segundo o executivo, a empresa enviou somente duas atualizações de correção de bugs e uma atualização da 4.ª temporada para preparar o programa, caso a Apple decida reativar o método de pagamento Apple Pay no aplicativo. Sweeney ainda ironizou uma publicação da Apple Store que promovia um jogo concorrente ao Fortnite no Twitter.

A próxima audiência do caso está marcada para o dia 28 de setembro.

Via: The Verge