Nvidia revela GPU gigante RTX 3090 com suporte a 8K; confira os anúncios

A Nvidia anunciou nesta terça-feira (1º) sua nova geração de GPUs com uma surpresa. Além das linhas mais tradicionais, a companhia revelou a RTX 3090 que chama a atenção pelo tamanho físico além da sua capacidade gráfica.

A RTX 3090 tem nada menos do que 24 GB de memória de vídeo G6X. Se isso não parece muito para você, basta comparar com outro modelo anunciado nesta terça pela Nvidia: a RTX 3080, que é o segundo mais potente, conta com apenas 10 GB de memória G6X. Sim, a 3090 tem 2,4 vezes mais memória do que a 3080.

A Nvidia coloca a RTX 3090 como uma placa de vídeo que habilitará jogos em resolução 8K com taxa de 60 quadros por segundo, o que também deve significar taxas ainda mais altas para jogos em 4K. Utilizando a arquitetura Ampere, a empresa também promete ganhos significativos em ray-tracing e suporte a gravação a utilização de 8K HDR com o ShadowPlay.

A 3090 é fisicamente gigante, o que significa que ela exige cuidados especiais. Chamada pela Nvidia de BFGPU, a placa ocupará três slots para funcionar, mas pelo menos ela será equipada com um silenciador que deverá torná-la 10 vezes mais silenciosa do que o modelo Titan RTX, um dos mais potentes da geração anterior da empresa, mesmo com 50% a mais de desempenho.

O preço para isso não é para qualquer um. A Nvidia anunciou o preço sugerido de “apenas” US$ 1.500 para a RTX 3090. A empresa não deu muitos detalhes sobre quando o modelo começará a ser vendido.

Outros modelos

Além do monstro 3090, a Nvidia também apresentou outros modelos mais convencionais e acessíveis. O destaque fica para a RTX 3080, que custa menos de metade do modelo (US$ 700) mais potente, mas pode ser a placa de preferência do público que busca alto desempenho justamente pelo custo-benefício.

Com 10 GB de memória de vídeo e 8.704 núcleos Cuda, ela deve entregar duas vezes o desempenho da RTX 2080 Ti, apostando em um forte gerenciamento termal para evitar superaquecimento. Com o sistema de duas ventoinhas, a empresa tenta facilitar a dissipação do calor, aumentando em 55% o fluxo de ar no componente.

Algo importante é que a RTX 3080 fará uso de um novo conector de 12 pinos, que diverge dos modelos da geração anterior, que usavam dois conectores de 8 pinos. Nos modelos Founders Edition, a empresa fornecerá a GPU com adaptadores que permitirão compatibilidade com os modelos anteriores.

A Nvidia ainda revelou a RTX 3070, que visa ser mais acessível do que as outras duas, com preço sugerido de US$ 500, mas não necessariamente fraca. Ela tem desempenho comparável ao da RTX 2080 da geração anterior, mas com um preço reduzido. Elas têm 8 GB de memória de vídeo e 5.888 núcleos Cuda.

Esta post foi modificado pela última vez em 1 de setembro de 2020 18:50

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Renato Santino