Conseguir novos assinantes para aplicativos no iOS ficará muito mais fácil. A Apple vai permitir que desenvolvedores de apps obtenham novos assinantes, ou reconquistem os antigos ao oferecer descontos, ou gratuidade nas assinaturas.

A empresa anunciou que dará aos desenvolvedores, acesso a um recurso chamado Códigos de Oferta, descrito como “códigos alfanuméricos exclusivos que oferecem gratuidade ou desconto para assinaturas auto-renováveis”. Os desenvolvedores poderão distribuir esses códigos de uso único de maneira online ou offline – enviando por e-mail ou oferecê-los como brindes em eventos, por exemplo.

publicidade

Os códigos poderão ser resgatados tanto por assinantes novos quanto por atuais ou anteriores, dependendo apenas da elegibilidade definida pelo desenvolvedor. Os clientes podem resgatar apenas um código por oferta, mas podem ter até dez ofertas ativas em sua conta a qualquer momento.

Reprodução

Desenvolvedores de aplicativos para iOS 14 poderão oferecer códigos de desconto na assinatura aos clientes. Imagem: Apple

Embora os códigos ofereçam acesso gratuito ou com desconto, dar aos desenvolvedores de aplicativos uma forma de despertar o interesse em seus produtos também será benéfico para os negócios da Apple a longo prazo. Isso porque a empresa recebe uma fatia de 30% no primeiro ano de assinatura e de 15% nos anos subsequentes em que o usuário permanecer assinante.

A distribuição de códigos deve começar ainda neste ano, provavelmente após o lançamento do iOS 14 e iPadOS 14. Quem estiver usando o novo sistema operacional da Apple poderá resgatar os códigos em seus dispositivos.

Mudança no rastreamento de anúncios

A Apple decidiu adiar uma mudança no iOS 14 que, segundo o Facebook e outros desenvolvedores, prejudicaria seus negócios de publicidade.

Anunciada em junho, a novidade exige que os usuários deem permissão explícita para que aplicativos os rastreiem para fins publicitários. Isso seria implementado no último semestre de 2020, com o lançamento do novo sistema operacional, mas foi adiado até o início do próximo ano, de acordo com a própria Apple.

Segundo a empresa, o recurso será implementado no lançamento do iOS 14, mas ainda não exigirá que os desenvolvedores sigam a regra. Mais detalhes serão divulgados futuramente.

O debate gira em torno de um código exclusivo da Apple vinculado a cada dispositivo, o IDFA (Identificação para Anunciantes). Desenvolvedores historicamente usam o IDFA para direcionar os usuários aos anúncios e rastrear o desempenho das propagandas em diferentes aparelhos.

Via: Engadget/Bloomberg