Review do UFC 4: jogo é um prato cheio de diversão para fãs de MMA

Não é de hoje que o MMA acaba sendo uma modalidade de luta que faz bastante sucesso aqui no Brasil e no resto do mundo. Já o UFC é um dos maiores torneios deste esporte e também marca presença nos videogames com jogos para que os fãs dele tenham a chance de estar no controle dos seus ídolos favoritos.

Nste ano, a Eletronic Arts lançou o título “UFC 4” para PlayStation 4 e Xbox One, que conta com um modo carreira aprimorado e novidades nas mecânicas de combate. O Olhar Digital teve a chance de testar esse jogo e te conta a seguir o que achou dele. Confira!

Modo carreira é cheio de escolhas

Considerado o principal atrativo deste novo título do UFC, o modo carreira acaba realmente se mostrando bem divertido, apesar de ter espaço para algumas melhorias. Nele, como é de se imaginar, você começa no controle de um lutador de MMA amador, que tem como o grande sonho chegar no UFC e se sagrar campeão.

Logo no começo, antes mesmo da primeira luta, você precisa definir diversos aspectos de seu lutador, que vão desde a sua aparência até o seu apelido nas redes sociais. Além desses aspectos, você também precisa definir qual a sua especialidade, que pode ser Boxe, Jiu-Jitsu, Muay Thai ou Wrestling.

Feitas as suas escolhas, o jogo te coloca em uma situação bem complicada durante uma luta já em andamento, que servirá de pretexto para você conhecer o seu treinador e como funciona o sistema de combate do jogo, do qual falaremos mais abaixo. Após algumas lutas, de acordo com o seu desempenho, você receberá a oferta de um contrato para ser assinado com o UFC, que assim como na vida real, te dará a chance de lutar no octógono e ter a chance ou não de disputar o cinturão.

Passada a fase inicial, além de participar das lutas, você também precisa atuar como o técnico do lutador ao definir de quais combates ele deve participar ou não e também de seus treinamentos. Essa parte do jogo, é bem interessante e os treinos fazem com que você possa evoluir os atributos de seu personagem envolvendo itens como precisão, força do chute e soco, por exemplo.

Ainda com os treinos, é através deles que você consegue obter um bom ou mal preparo físico para lutar. Caso você vacile, inclusive, existe a possibilidade de ter que lutar lesionado, o que diminui alguns de seus atributos.

Além de cuidar da parte física e técnica do seu personagem, você também deverá usar as “redes sociais do jogo” para interagir com outros lutadores e promover seus eventos. Após algumas interações, você também ganha a chance de aprender movimentos de outros lutadores, algo bem interessante. As interações feitas nesta rede social do jogo também servem como forma de promover uma luta, o que atrairá mais ou menos a atenção dos fãs do esporte, isto sem contar que você pode criar inimigos ou amigos dependendo da interação escolhida.

Apesar do modo carreira ser bem divertido e te manter entretido com bastante coisa a ser feita, após um tempo, as ações a serem feitas por lá começam a ficar repetitivas, já que não existe muita aleatoriedade por lá. Ainda assim, é inegável que esse modo realmente é um dos maiores atrativos do UFC 4.

Mecânicas de combate

A parte de combate do UFC 4 é outro ponto em que o jogo brilha, mas caso você nunca tenha tido uma experiência com outro título da série, saiba que ela requer um pouco de conhecimento do esporte e não é tão “arcade” quanto outros jogos de luta clássicos.

Ao jogar no PlayStation 4, os botões “X” e “Quadrado” controlam a perna e braço esquerdo, enquanto “bola” e “triângulo” controlam perna e braço direito. Já os gatilhos acabam servindo para você fazer algumas variações, como mandar um cruzado ou chutes em uma parte específica do corpo de seu adversário. Além destes comandos, com algumas combinações específicas de botões e sequências, você consegue fazer movimentos especiais que você pode aprender com outros lutadores famosos.

Ao ir para a “luta no chão”, além de continuar no controle destes membros, com o analógico, você definirá qual será a sua ação. Assim, você escolhe se quer tentar uma finalização, fazer o “ground and pound” ou até mesmo levantar para começar de novo a troca de chutes e socos. De forma geral, os combates aqui são bem cadenciados, mas conseguir vencer alguém por finalização é uma tarefa que requer muita paciência.

Durante as lutas, algo com que você precisa se preocupar bastante também é com o seu “vigor”, que acaba se esvaindo a cada golpe dado ou outras ações. Ao ficar com o nível de vigor muito baixo, além do seu personagem ficar sem força para atacar, ele também estará mais sujeito a apanhar e terá mais dificuldades para se defender de uma finalização.

De forma geral, o UFC 4 oferece combates bem interessantes e divertidos, principalmente para quem já praticou alguma arte marcial. Os comandos, as vezes, apresentam alguns atrasos para serem executados, mas isso é proposital e encaixa bem com a ideia do jogo, uma vez que o seu lutador precisa encaixar golpe por golpe até ter uma sequência completa.

Outros modos de jogo, lutadores e gráficos

Assim como explicamos mais acima, é notório que o grande foco do UFC 4 foi em proporcionar uma campanha interessante com o seu modo carreira. Entretanto, o UFC também traz alguns modos mais simples, que além de criação de pequenos torneios, servem para você poder jogar de forma rápida offline.

Além das partidas mencionadas acima, quem também está de cara nova no UFC 4 é o seu modo online, que agora possui uma espécie de campeonato em que você pode competir por posições contra outros jogadores com o seu personagem do modo carreira ou com um lutador mais “famoso”.

Por falar em lutadores famosos, inclusive, mais um grande destaque do UFC 4 vai para o seu elenco imenso. Além de poder contar com os maiores lutadores da atualidade, algumas lendas, como Royce Gracie, também estão presentes no jogo. Não apenas isso, as lutadoras do UFC também marcam presença no jogo.

Já na questão gráfica, como você deve ter notado pelas imagens acima, o UFC 4 faz um trabalho competente, mas que não chega a surpreender. Os gráficos dos cenários e das arenas são bonitas, mas as texturas de alguns lutadores poderiam estar mais caprichadas.

Conclusão

O UFC 4 é um prato cheio para quem é fã do MMA e gosta de jogar videogames. O modo carreira do jogo trouxe novidades interessantes e tem um caminho longo para manter os seus jogadores entretidos por bastante tempo.

Os controles do jogo também funcionam muito bem e devem agradar a maioria dos jogadores. Ainda assim, é preciso dizer que os controles do UFC 4 não são “exatamente fáceis” e quem for jogar o título mais casualmente pode acabar se decepcionando. O UFC 4 foi lançado no mês de agosto para PlayStation 4 e Xbox One.

A Electronic Arts enviou o game para que o Olhar Digital pudesse testá-lo em um PlayStation 4.

Esta post foi modificado pela última vez em 3 de setembro de 2020 19:57

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Alvaro Scola