Após 27 anos, os clássicos jogos Doom e Doom 2 ganharam uma atualização robusta com diversas mudanças significativas. Agora, os games oferecem suporte widescreen 16:9, uma mira overlay opcional e até mesmo direcionamento assistido por controle de movimento para Nintendo Switch e plataformas que usam um controlador DualShock 4

A mudança disponibilizada na última quinta-feira (3), também traz otimizações e recursos como, por exemplo, um novo cronômetro próximo ao minimapa com precisão de milissegundos para ajudar os speedrunners.

publicidade

A ajuda da tela widescreen é digna de nota. “O [campo de visão] foi aumentado para revelar mais imagem na lateral, em vez de cortar a parte superior e inferior”, acrescentou a id Software nas notas de substituição. “Muitos de nossos add-ons também tiveram suporte para widescreen adicionado, então baixe a versão mais recente da lista de add-ons para conferir.”

Gyro Aim foi adicionado no PC, Switch e PS4, ativado por padrão. Isso permite que você olhe para a esquerda e para a direita girando o controlador. O Gyro Aim pode ser configurado para usar guinada ou arremesso, ou desativado completamente, com o controle deslizante de sensibilidade separado.

Reprodução

Doom 2 (1994) ganhou uma nova versão para PS4 e Nintendo Switch no ano passado. Crédito: id Software/Bethesda Softworks

 

Demais novidades

Agora, também há suporte oficial para DeHackEd, uma ferramenta que as pessoas vêm usando há anos para modificar os jogos. Outro ajuste adiciona uma mira opcional. De acordo com a id Software, habilitar o recurso pode ajudar alguns jogadores que sentem enjoo ao jogar.

As versões do game para iOS também receberam atenção. O estúdio adicionou novos controles touchscreen, suporte para controladores e a opção de jogar a 60 e 120 quadros por segundo, se você possuir um dispositivo que possui uma taxa de atualização compatível. O suporte para taxas de quadros acima de 30 FPS também está disponível no Android e PC.

Os jogadores também podem inserir códigos de trapaça pelo teclado e existe um novo estágio, conhecido como Ultra-Violência +. Outra mudança é que a tela se divide no modo multiplayer, transformando o game em um modo Deathmatch 3.0.

Doom e Doom 2 farão, respectivamente, 27 e 26 anos e, não há dúvidas que um patch desse manterá os jogadores ativos ainda por muito tempo. Também deve ajudar aqueles que não estavam por perto, quando os jogos foram lançados pela primeira vez, a vivenciar um pouco da história destes clássicos.

 

Fonte: Engadget