O asteroide Bennu está se desintegrando. E, pela primeira vez, a Nasa registrou imagens desse processo. A ejeção de pedaços de rochas foi observada pela espaçonave OSIRIS-REx.

A suspeita de que Bennu estava se desintegrando começou quando Carl Hergenrother, cientista planetário da Universidade do Arizona, percebeu particularidades em algumas das imagens coletadas pela OSIRIS-REx e. Ou seja, a atividade foi descoberta quase por acidente.

publicidade

Segundo o pesquisador, o que chamou a atenção foi um possível grupo de estrelas que não estava lá antes. Ele diz que só percebeu porque havia 200 pontos de luz onde deveriam ser cerca de 10 estrelas. Uma série de artigos sobre o caso foi publicada no Journal of Geophysical Research: Planets.

Depois de uma análise mais aprofundada, descobriu-se que, na verdade, se tratava de uma nuvem de partículas minúsculas ejetadas da superfície de Bennu. Carl Hergenrother diz que essa percepção é fundamental para estudos mais aprofundados tanto sobre Bennu quanto sobre o comportamento de todos os asteroides ativos.